MODELO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE GESTÃO PARA HOSPITAIS SECUNDÁRIOS NO SETOR PÚBLICO BRASILEIRO

Este estudo propõe uma metodologia para medição da performance através da implantação do Balanced Scorecard (BSC), no Hospital Municipal João Elísio de Holanda – HMJEH. O Hospital presta assistência no nível secundário de complexidade do sistema de saúde pública, sendo localizado na cidade de Maracanaú, Estado do Ceará, e mantido pela Prefeitura Municipal dessa Cidade. Metodologicamente, a pesquisa é um Estudo de Caso do Hospital, e utiliza como métodos auxiliares a entrevista e a realização de painéis e oficinas de trabalho. O estudo tem como contexto a evolução da gestão pública e do sistema de saúde no Brasil e assenta-se teoricamente nas contribuições sobre desempenho, avaliação de desempenho e na contribuição de autores como Kaplan e Norton (1997). São ainda relevantes as concepções teóricas e a sistemática de avaliação de desempenho do Modelo de Excelência de Gestão Pública – MEGP, do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização. O modelo de avaliação proposto é composto de quatro perspectivas para medir o desempenho do hospital, que são: Sustentabilidade, Aprendizado e Crescimento, Modernização Administrativa e Stakeholders, apresentadas, com suas relações de causa e efeito, por meio de um Mapa Estratégico. Como parte da proposta foram especificados indicadores para cada uma das perspectivas, de forma a possibilitar a medição e o acompanhamento do sucesso das estratégias definidas para a instituição, contemplando a formação das equipes, a definição e desenvolvimento dos planos de ação e a montagem do sistema de informações sobre os resultados dos indicadores do BSC e dos indicadores dos planos de ação. Para o sucesso da implementação e da utilização do modelo, foi ainda definido o processo de monitoramento e análise desses indicadores, bem como explicitados os fatores facilitadores e dificultadores e as mudanças necessárias ao Hospital. Como o modelo pode ser utilizado em qualquer tipo de organização pública, ajustadas às suas especificidades, sugere-se sua implementação e o monitoramento dos resultados, de modo a consolidar esta proposta como referência em modelo de avaliação de desempenho de organizações públicas em geral.

Data de publicação: 
terça-feira, 29. Dezembro 2009